Bolsa de Valores

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Bolsa de Valores

Mensagem  Douglas em Seg Mar 29, 2010 10:36 am

INTRODUÇÃO
Quando se fala de bolsa de valores, muitas vezes pensamos em um assunto complicado e muitas vezes, sem os devidos conhecimentos se torna de difícil entendimento. Falar em bolsa de valores é falar em aplicação financeira que no fim de um período renderá ganhos ou perdas.
Neste trabalho veremos como a bolsa de valores funciona, seus principais macetes e suas inovações. Saberemos como fazer um aplicação financeira corretamente e os seus principais dados.
Veremos também como se controla as aplicações, o programa mais usado para isso e algumas dicas. Para que a bolsa de valores não se torna um assunto de difícil entendimento e para que todos nós saibamos quando perguntado explicar corretamente como a bolsa de valores funciona.














2 BOLSA DE VALOR

A bolsa de valores é um onde são negociadas ações dentre outros derivativos de empresas atuantes no mercado nacional e internacional, somente as empresas de capitais aberto podem negociar ações ou debêntures.

A companhia aberta é a instituição mais democrática do mundo: não importam raça, sexo, religião ou nacionalidade, qualquer um pode tornar-se sócio de uma empresa de capital aberto, por meio da compra de ações. "É um exemplo da verdadeira igualdade de oportunidade". - Peter Lynch, famoso gestor de fundos nos Estados Unidos

Segundo Fortuna 2005 as primeiras negociações eram sem auxilio de computadores e outros meios eletrônicos apenas controlados por fiscais, atualmente dispomos de bolsas como a Nasdaq, Bovespa dentre outras que operam apenas eletronicamente, fazendo assim que haja mais praticidade agilidade e confiança nas ordens dadas pelos milhões de acionistas.

2.1 CARACTERÍSTICAS DAS BOLSAS VALORES

A bolsa tanto de mercados futuros quanto de ativos são fiscalizadas por órgãos do governo de cada país para que sempre haja muita transparência, pois os valores e negociados nelas fixam valores que são entendidos como os valores de mercado de cada empresa ou companhia que negocia suas ações.
O Governo brasileiro como forma de incentivar o pequenos investidores formalizou que se cada investidor pessoas física movimentar até o valor de R$ 20.000,00 mês o mesmo não seria tributado no imposto de renda, desta forma aumentando a quantidade de investidores interno e diminuindo o poder dos investidores de fora do país a bolsa fica mais protegida de crises como a americana que derrubou a Bovespa de 70.000 pontos para 35.000.
A Grande incidência de capital estrangeiro em uma bolsa é uma faca de dois gumes assim como valoriza as empresas joga o seu valor bem para baixo quando a uma saída desordenada.






















3 AÇÕES

As primeiras ações negociadas no mundo foram as da companhia Holandesa das Índias Orientas que comercializou as primeiras ações em 1602 em Amsterdã. Desta forma abrindo caminho para o enorme montante financeiro que seria comercializado anos após este feito.

“É permitida, no mercado à vista, a realização de operações de compra e venda de uma mesma ação em um mesmo pregão, por uma mesma corretora e por conta de um mesmo investidor” FOTURNA, EDUARDO 2005.

As Negociações na Bolsa de Valores Normalmente tendem a ser diários só não a negociações em fins de semana e feriados e por esses motivos os preços são muito flutuante ex: se houver uma grande quantidade de compradores interessado em comprar determinado ativo o preço do mesmo tende a subir, isso acontece normalmente quando a empresa divulga alguma boa noticia ou obtêm um lucro acima do esperado, o mesmo acontece para o contrario quando a uma grande quantidade de acionistas tentando vender as suas ações o preço cai bastante ex: Sadia quando divulgou a perda no mercado cambial, ela estava com o o preço de suas ações preferências próximo de R$10,00 reais e chegou a cair ate R$2,65 uma queda de cerca de 75% no valor do ativo.

3.1 ORDENS COMPRA E VENDA

Segundo FORTUNA 2005 as principais ordens dadas no mercado de ações são:
 Ordem de Mercado – essa ordem é defina pelo investidor que fala a quantidade e o papel que quer que a corretora compre a mesma deve ser executada a valores de mercado no momento em que é dada.

 Ordem Administrada – nesta ordem o investidor diz a quantidade e o papel que deseja adquirir e deixa a critério da corretora escolher o melhor momento para comprar.


 Ordem Limitada – é quanto o investido deixa pré avisado a quantidade o papel que deseja compra ou vender e quanto esta disposta a pagar ou receber a corretora só executa a ordem se os preços chegarem a tais valores ou ficarem melhores que os mesmos ditos pelo investidor.


3.2 AÇÕES PREFERENCIAIS

Segundo Málaga 2005 as Ações preferenciais são denominadas com final “PN” exemplo: Petr4 é preferenciais e a petr3 é ordinária, as ações preferenciais possuem este nome por terem preferência na hora da distribuição de lucros ou parcela do capital social, as mesma porem não tem direito a voto em assembléias ou qualquer outra decisão da empresa.
As ações preferências são muito mais comercializadas que as preferências, pois os investidores no do mercado normalmente apenas querem lucra não tem interesse direto em votações a não ser que sejam diretamente ligados a empresa, as ações preferências também tem o direito de receber no mínimo 25% do lucro da empresa Málaga 2005.

3.3 AÇÕES ORDINÁRIAS

Fortuna 2005 diz que as ações Ordinárias são as que dão direito a votos nas assembléias gerais, são normalmente possuídas por acionistas de dentro da organização como diretores, presidente e demais membros, estas ações na distribuição de lucro são as ultimas a receber e ainda recebem pelo menos 10% a menos que as ações preferenciais.

3.4 MERCADO INTEGRAL

No mercado integral são negociados lotes fechados de ações que são de 100 em 100 ações, não tem como comprar 101 ações no mercado integral, pois os preções do integral são diferentes do fracionário.

3.5 MERCADO FRACIONÁRIO

O Mercado Fracionário negocia de 1 a 99 ações o preço é normalmente acima do integral por possuir menos uma quantidade bem inferior de vendedores e compradores. Portanto se você deseja-se comprar 150 ações iria compra 100 no mercado integra e 50 no fracionário.

3.6 DEBÊNTURES

As Debêntures são os títulos que as companhia emitem para pessoas física e jurídicas que no prazo determinado podem ou ser quitadas pela companhia ou se o detentor da debênture preferir pode ser convertida em ações da companhia.

3.7 DAY TRADE

As operações de Day trade são aquelas onde o operador entra e sai no mercado no mesmo dia ou seja ele faz a arbitragem entre os papeis, compra 100 ações de determinada companhia no início do dia espera o papel render e assim que chega ao valor desejado ele revende o papel, a vantagem dessa operação é a economia nas taxas de operações cobras pela Bovespa.


4 O PREGÃO

O pregão da Bovespa e da BMF atualmente são totalmente informatizados, ou seja, não a mais a intervenção humana em nenhuma negociação. Houve essa substituição, pois um operador demorava em media 2 minutos para fechar um negocio e um computador no mesmo tempo fecha em torno de 2000 mil negócios, com essa media tão desproporcional, os operadores foram totalmente substituídos tornando o mercado mais ágil e pratico para se lidar.

4.1 AFTER MARKET

No After Market são realizadas negociações assim que o mercado principal fecha essas negociações te regras diferentes das negociações diárias que são elas que não pode haver uma variação de de mais de 2% nas ações conforme o fechamento do mercado e a um limite de R$ 100.000,00 por investidor para se negociar nesse período.
É um bom momento para pequenos investidores que não preferem esperar o resultado do dia e comprar em um momento que as ações possuem uma variação mínima a facilidade de fechar negocio é um pouco mais difícil se você não estiver disposto a pagar exatamente o que o mercado quer pois as oscilações são mínimas.

4.2 HOME BROKER

O Home Broker é uma ferramenta oferecida pelas corretoras aos seus investidores, cada uma possui um com um layout um pouco diferente do outro porem eles atendem aos mesmo objetivos que são enviar ordens a bolsa de valores. Essa feramente foi baseado no Home Banking que é oferecido pelo bancos, o Home Broker é ligado diretamente ao sistema de negociação da Bovespa tento um atraso de pouco segundos na ordem o que representou um grande avanço ao sistema antigo que era ligar ao corretor pedir a cotação falar a ordem e só após essa transação ela ser executada.
Alem de todas essas facilidades ele oferece algumas outras vantagens como as que se seguem abaixo:
 Agilidade no envio de Ordens.
 Facilidade na localização de preços e na quantidade que o investidor possui.
 Visualização de vários índices simultaneamente.
 Visualização de forças compradoras e vendedoras.

Fonte: http://www.tbcs.com.br/imagens/img-home-broker.jpg
Figura 1 Home Broker

Nele se adiciona e retira índices que normalmente são configurados conforme a necessidade de cada pessoa tem as opções mais básicas que são compra e venda de títulos tanto no mercado integral quando no fracionário, também produz gráficos dos índices e tem a tabela da quantidade de compradores e vendedores e de quais corretoras são.

5 DIREITO E PROVENTOS DE UMA AÇÃO

Segundo FORTUNA 2005 São as formas de pagamentos e bonificações dados aos acionistas de cada empresa de capital aberto são eles:

5.1 DIVIDENDOS

Distribuição de lucros aos acionistas sendo que este lucro deve ser igual ou superior a 25% do lucro da empresa nunca pode ser inferior, como este lucro distribuído já foi tributado na fonte o acionista é isento do IR.

5.2 BONIFICAÇÕES

É a distribuição de novas ações aos acionistas por ter havido um aumento no capital da companhia por aumento de reservas.

5.3 SPLIT OU DESDOBRAMENTO

É quando a ação esta tão valorizada que o seu valor começa a se tornar pouco liquido, então ela é dividida em duas ex; AMBEV R$110,00 se houve-se um desdobramento o acionista que possui-se 1 AMBEV ia ter duas ao valor de R$ 55,00 tornando a ação mais liquida no mercado.


5.4 AGRUPAMENTO OU INPLIT

Acontece quando as ações sofrem uma desvalorização tão grande que seus valores vão próximo dos centavos para torna as ações mais interessantes aos acionistas ocorre um Inplit que é o agrupamento de duas ou varias ex: ECOD R$ 5,00 se houve um agrupamento de 3 ações o investidor que tinha 30 ECOD passa a ter 10 ECOD porem com o valor de R$ 15,00 cada uma.






















CONCLUSÃO


Com este trabalho pudemos concluir que o assunto bolsa de valores é desmistificado quando estudamos mais a fundo o assunto. Ele envolve riscos que devem ser corridos para boas aplicações e que no histórico das negociações existem muitas perdas e ganhos.
Falamos sobre ações, investimentos, ganhos a curto prazo e a longo e pudemos observar que as pessoas que gostam de ariscar e possuem dinheiro para tal, a bolsa de valores é uma ótima opção.
Ela foi desenvolvida em base no mercado de ações das maiores organizações e produtos onde as pessoas que por ela passam são pessoas empreendedoras e com visão de mercado.














BIBLIOGRAFIA

FORTUNA, Eduardo. Mercado financeiro: produtos e serviços. 16. ed., rev. e atual. Rio de Janeiro: Objetiva, 2005. 812 p
MÁLAGA, Flávio Kezam. Retorno de ações: modelo de fama e french aplicado ao mercado acionário brasileiro . São Paulo: Saint Paul, 2005. 199 p.
GRADILONE, Cláudio. Investimentos sem susto: como lucrar na crise. Rio de Janeiro: Campus, 1999. 133 p.

Douglas
Veterano
Veterano

Mensagens : 123
Data de inscrição : 04/11/2008
Idade : 26
Localização : Xanxerê SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum