CASE PARMALAT

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

CASE PARMALAT

Mensagem  Douglas em Sab Jul 25, 2009 4:09 pm

REALIZAÇÕES DA ÍNTEGRA
Crise mundial da Parmalat se inicia em dezembro de 2003;

Íntegra foi mandatada em março de 2004 pelo interventor da Parmalat Spa, apoiada pelo governo da Itália para coordenar todo o processo de reestruturação no Brasil, visando uma retirada estruturada e organizada do país;

Naquela ocasião a Íntegra encontrou a Parmalat em uma complicada situação:

- Queda de faturamento mensal de R$ 120M para R$30M;

- Todas as 7 unidades industriais com operações interrompidas ou em fase de interrupção;

- Intervenção judicial na matriz brasileira e na unidade de Itaperuna;

- Resultados operacionais negativos desde a fundação da companhia, atingindo R$ 80M de perdas em 2003;

- Passivos financeiros totais – incluindo Parmalat Participações, Holding brasileira - anunciados na imprensa superando R$ 4 bi;

- Caos administrativo e total descontrole contábil e operacional;

Realizações da Íntegra ao longo dos 30 meses de seu mandato:

Reinício das operações industriais de todas as suas sete unidades industriais;

Recomposição da gestão da companhia:

- Fim de todas as intervenções judiciais na companhia;

- Drástica redução da diretoria e alta gerência e adequação de headcount e custo;

- Recomposição do conselho de administração com quatro renomados conselheiros externos e três membros da Íntegra;

Redesenho dos sistemas de informação da companhia;

Coordenação da agenda jurídica da Parmalat no Brasil, incluindo a migração da concordata para recuperação judicial dentro da nova Lei de Falências;

Significativas melhorias operacionais e reduções de custos, atingindo break-even operacional pela primeira vez na história da companhia;

Parmalat foi o primeiro plano de recuperação judicial em obter a aprovação integral dos credores de acordo com a nova Lei de Falência e Recuperação Judicial;

Organização e gestão de todo o relacionamento com os credores, incluindo a elaboração e negociação do plano de recuperação da companhia, que foi aprovado pelos credores;

Venda da unidade de vegetais Etti para a Monte Cristalina, antes da aprovação do plano;

Negociação com minoritários na Batávia, resultando na venda desta unidade para a Perdigão;

Coordenação do processo de capitalização da companhia, resultando na mudança de controle para o Fundo LAEP;

Ao final do projeto de reestruturação da Íntegra em junho de 2006, a Parmalat Spa realizou sua saída ordenada do Brasil, e a integral proteção de seus direitos de propriedade intelectual no país. Parmalat Brasil alcançou também os seguintes objetivos:

- Novo controlador motivado a investir na companhia;

- Aumento do capital de giro para tocar suas operações e

- Redução significativa de seu endividamento financeiro, de cerca de R$ 1 bilhão para R$ 150 milhões;

Douglas
Veterano
Veterano

Mensagens : 123
Data de inscrição : 04/11/2008
Idade : 26
Localização : Xanxerê SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum